REF. 37 Ver maior

REF. 37

Novo

Fenil-N

FENILPROPIONATO DE NANDROLONA 100MG/ML DE 10MLS - PHARMA

Mais detalhes

997 itens

Cálculo do Frete

Aguardando CEP

R$ 110,00

Mais informações

Decanoato de Nandrolona.

Um dos esteróides anabolizantes mais utilizados do mundo, a nandrolona, mais conhecida como Deca-Durabolin!

A nandrolona, mas conhecida como Deca é um esteróide anabolizante o qual já envolveu inúmeros atletas de inúmeras modalidades em escândalos relacionados ao exame anti-dopping, tais quais Mark Richardson, o britânico corredor Linford Christie, e Dougie Walker vem sendo conhecida como uma das mais utilizadas entre amadores e profissionais.


Provavelmente sendo conhecido como um dos principais esteróides anabolizantes das últimas décadas, a molécula de nandrolona, ou 17-hydroxy-19-nor-4-andro-sten-3-one, de fórmula molecular C28H44O3 e ponto de ebulição médio de 35ºC, é uma das primeiras e principais palavras quando o assunto são ganhos musculares significativos e bastante visíveis, fazendo-a uma das preferidas entre inúmeros atletas de diversas modalidades, em especial os relacionados com esportes de força como o fisiculturismo e o powerlifting.

Ocorrendo naturalmente em quantidades mínimas no corpo humano, produto de uma outra molécula denominada 19-norandrosterona, a nandrolona é muito similar a testosterona e possui basicamente os mesmos efeitos relacionados a ganho de massa muscular , porém, apresentando em muitos casos menores efeitos colaterais como a calvice ou a agressividade. Aliás, inicialmente e até hoje, em alguns casos, a nandrolona é utilizada em pacientes com algum tipo de enfermidade que apresentem decréscimo em sua massa muscular, como os portadores de HIV.

A nandrolona possui pouca tendência para ser convertida em estrógeno (cerca de apenas 20% em contrapartida da testosterona, propriamente dita). Isso ocorre, pois, o fígado possui a capacidade (ou diria eu, característica) de transformá-la não em estrógeno, mas, em estradiol. Entretanto, pode-se fazer necessário o uso de anti-esterógenos durante a utilização da substância, principalmente para usuários mais sensíveis e propensos a algum tipo de ginecomastia. A retenção hídrica não é um grande problema da nandrolona, visto que existem esteróides anabolizantes com uma capacidade muito maior para tal. Entretanto, em dosagens maiores, ela pode vir a ocorrer, principalmente se combinada com outros esteróides tais quais Dianabol ou Oximetolona. Em alguns casos, essa pouca retenção hídrica pode ter alguns efeitos benéficos para algumas estruturas do corpo como as articulações, fazendo também com que a nandrolona seja usada em doses terapêuticas para manter a saúde das mesmas. Isso ocorre basicamente porque a nandrolona possui a capacidade de aumentar a síntese de colágeno e o conteúdo mineral ósseo. Além disso, ela pode estar também associada a processos antiinflamatórios.

A progestina, pode ter algum tipo de relação com a nandrolona, o que causaria efeitos próximos aos do estrógeno (como inibição na produção natural de testosterona, aumento de tecido adiposo etc), pela conversão da mesma em progesterona, um outro hormônio tipicamente feminino.



Diferente do Dianabol, onde os ganhos acontecem logo nos primeiros dias, a nandrolona não é um esteróide tipicamente de ação rápida e, normalmente também não é combinada com ésters curtos, mas sim, com ésters de maior meia vida, como o decanoato (aliás, essa é sua principal forma, a conhecida Deca-Durabolin ou decanoato de nandrolona). Isso, portanto, não a faz conveniente para ser usada por pouco tempo, como períodos menores do que 12 semanas.

As dosagens de nandrolona (que normalmente são de 2mg/kg de massa muscular magra) podem variar muito, principalmente se ela estiver sendo combinada com outras substâncias. Dessa forma, isso pode iniciar-se com 250-300mg, podendo alguns usuários mais experientes chegarem a 800mg ou 1g da mesma. Porém, isso é raro e normalmente só visto entre profissionais normalmente do fisiculturismo.

As combinações com Nandrolona

A nandrolona é um esteróide muito versátil. Principalmente utilizada em bulking por seus aspectos positivos no ganho de massa muscular bruta, ela normalmente é combinada com dianabol ou até mesmo, sinergicamente em alguns casos com a boldenona, apesar dos ganhos serem relativamente menores, quando comparado com o dianabol. Além disso, é básico que se use testosterona com a Nandrolona, pois, ela é opressiva ao eixo. Desta forma, devido a sua ação longa e aos seus ésters também de ação normalmente longa, combina-se a mesma com testosteronas de éster longo ou, no mínimo, médio como o cipionato ou o enantato.

A nandrolona ainda, é utilizada em doses terapêuticas, mesmo em fases de secagem para manutenção das articulações. Entretanto, nesses casos, as dosagens são bem menores e menos freqüentes, fazendo assim com que não haja um anabolismo muscular, propriamente dito e tampouco seus outros efeitos, como a retenção hídrica.

Prevenções no uso de nandrolona

Se existe um fator extremamente negativo na nandrolona, este é seu impacto na produção endógena de testosterona, especialmente, durante longos tempos de uso da substância. Assim, normalmente usa-se antagonistas de estrógeno como Clomid ou Novadex. Além disso, a utilização de HCG, causando impactos positivos nas gonadotrofinas pode ser muito útil em alguns casos. Não são necessárias, neste caso, doses superiores a talvez 2500-5000UI por semana.

Um outro aspecto negativo, é a detecção da substância na corrente sanguínea por anos (isso porque, alguns metabólitos da nandrolona ficam armazenados no tecido adiposo), o que pode prejudicar alguns atletas que passam no exame anti-dopping. Vale lembrar que os exames olímpicos não aceitam quantidades superiores a 2ng/ml de urina.

Efeitos Colaterais da Nandrolona, Deca-Durabolin:

  • Perda de cabelo;
    – Espinhas na pele;
    – Diminuição da próstata;
    – Perda da libido;
    – Ginecomastia;
    – Disfunção erétil;
    – Problemas cardiovasculares;
    – Entre outros.

Além disso, muitos artigos afirmam que a Deca armazena água no tecido conjuntivo, aliviando dores nas juntas. Não tenho nenhuma idéia de onde saíram essas afirmações, ou quando elas começaram. No entanto, em um estudo de mulheres em menopausa, a Deca melhorou a síntese de colágeno (1) e, em outro estudo, a Deca aumentou o conteúdo mineral ósseo. Ambos os estudos utilizaram doses muito baixas, que foram demasiadamente baixas até para promover o crescimento muscular. Com base nesses dois estudos, o atleta que usar Deca apenas para estes dois efeitos (aumento conteúdo mineral ósseo e síntese de colágeno) deve usar 100mg de Deca por semana. Isso é realmente uma dose maior do que a usada nesses dois com sucesso. Mesmo com metade dessa dose, uma injeção de 100mg a cada duas semanas, pacientes HIV + experimentaram um significativo aumento de peso. Não se recomenda uma dose tão baixa para um atleta, mas isto comprova as fortes propriedades anabólicas da Deca. Deca é um excelente anabolizante, causando bons (embora lentos) ganhos em qualidade muscular. Um dos seus efeitos é retenção de nitrogênio, que é um fator importante no crescimento muscular e ganhos de massa magra. Em um estudo com doses baixas (65 mg / semana) e doses medianas de Deca (200 mg / semana), ambos resultaram em significativa retenção de nitrogênio (33-52 g nitrogênio em 14 dias, representando ganhos de 0,5 a 0,9 kg de magra por semana). O peso corporal aumentou 4,9 + / - 1,2 kg, incluindo 3,1 + / - 0,5 kg de massa corporal magra e o desempenho em exercícios (cardiovascular fitness) também melhorou. Precisa dizer que doses mais elevadas neste estudo produziram maiores ganhos? A recomendação para ganho de massa gira em torno de 400 a 600 mg por semana (em média).

Deca também tem uma longa vida ativa. Com uma aplicação de Deca, os níveis de nandrolona ficarão estáveis no plasma por cerca de 10 dias, por isso, recomenda-se aplicações a cada pelo menos 7 dias a fim de manter estes níveis estáveis durante todo o ciclo. Interessante também, percebeu-se maiores níveis de nandrolona no plasma com aplicações no glúteo, diferentemente do que acontece com aplicações nos deltóides. (isso vale para todos os esteróides a base de óleo).

Em outro estudo com homens HIV + podemos ver que a Deca (200mgs na semana 1, 400mg na semana 2 e 600mgs nas semanas 3-12) não causou efeitos colaterais negativos no colesterol total ou LDL, triglicérides e sensibilidade à insulina e houve uma redução do colesterol HDL (8-10 pontos) em ambos os grupos. Além disso, na maioria dos estudos com indivíduos HIV +, a Deca também melhorou a função imunológica. Então o que sabemos até agora sobre este composto? Até agora, sabemos que a Deca é uma droga muito segura para uso a longo prazo, irá contribuir com os problemas comuns, poderia melhorar a função imunológica, e é altamente anabólica e não muito androgênica. Essas são as boas notícias... Agora vamos para a parte ruim...

Deca é conhecida por produzir ganhos de peso, mas tem que ser utilizado durante 12 semanas no mínimo (padrões americanos). Isto não deve causar quaisquer problemas, uma vez que é uma droga muito leve em termos de efeitos colaterais. Muitos usuários também se queixam de retenção de água com esta droga. O Letrozol parece ser a opção preferida para combater este problema. Esta retenção de água faz da Deca uma droga mais adequada para bulking, embora possa ser utilizado com sucesso para cutting também. Agora, a pior notícia: Deca é uma progestina (assim como todas as nandrolonas). Isso faz com que ela estimule os receptores de progesterona 20% a mais, bem como a própria progesterona, e isso abre as portas para muitos efeitos colaterais indesejados (retenção, acne, etc.). Deve notar-se que a maioria destes são raros, apesar de tudo. Isto também pode ser a principal razão pela qual a Deca é uma droga tão supressiva quando se trata de seus níveis naturais de testosterona. Uma simples dose de 100mg de Deca causa uma total (100%) redução dos níveis naturais de testosterona, e leva cerca de um mês para que estes níveis voltem ao normal! Tudo por causa de meros 100mg de Deca...

Moral da história? Sempre use testosterona com Deca! No mínimo 250mg por semana, para evitar a impotência e disfunção sexual. Para um efeito anabólico com a testosterona, pelo menos o dobro disso, com igual quantidade de Deca (no mínimo). Também é recomendável tomar uma droga anti-progesterônica (ou pelo menos tê-la em mãos): Bromocriptina ou Cabergolina são boas escolhas. Bem, é confortável recomendar o uso de Deca em doses de até 600mg/semana por um longo período (12-16 semanas), ou em ciclos de cutting com 400mg/semana (mais uma vez, para 12-16 semanas), juntamente com algo para combater a retenção de água. Seja qual for a finalidade que você decidir usar, ainda precisa incluir testosterona no seu ciclo e ter algumas drogas anti-progesterônicas em mãos, só para garantir.

A terapia pós-ciclo (TPC), embora fora do âmbito deste perfil, tem que ser comentada. Devido à natureza altamente supressiva da Deca, a administração de testosterona em um ciclo com Deca deve ser executada por pelo menos 2 semanas adicionais quando da cessação da Deca. Lembrando que os níveis de testosterona levam cerca de um mês para se normalizarem. Assim, uma testosterona de éster longo deve ser administrada por cerca de duas semanas além da última aplicação de Deca, para evitar ter uma defasagem no tempo em que a Deca já não produz um efeito anabolizante, mas ainda está suprimindo a sua produção natural de testosterona. Também é recomendável o uso de HCG pelo menos nas ultimas semanas de ciclo, e uma TPC com tamoxifeno e tribulus terrestris, utilizando todos os esforços para restaurar os níveis de testosterona de forma mais rápida e eficiente possível.

Decanoato de Nandrolona - C18 H26 O2

Peso Molecular : 274.4022

Meia-Vida: 15 dias

Administração: Intra-Muscular

Considerações finais

Apesar de ser um esteróide teoricamente seguro, como toda outra droga, a nandrolona também possui efeitos colaterais e, efeitos esses que podem variar de indivíduo para indivíduo. Portanto, não é recomendável que seu uso seja feito por amadores ou pessoas que não visam o esporte competitivo.

Comentários

Não há comentários de clientes neste momento.

Escrever uma avaliação

REF. 37

REF. 37

Fenil-N

FENILPROPIONATO DE NANDROLONA 100MG/ML DE 10MLS - PHARMA

Escrever uma avaliação

15 outras opções

Clientes que compraram este produto também compraram...